sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

É A HORA DE NASCER...


1. Desconforto na hora de dormir

Nos dias que antecedem o parto, você provavelmente ficará mais inquieta e desconfortável na hora de dormir. Pode ocorrer também um leve desarranjo intestinal, que não chega a ser diarréia, mas que pode levá-la várias vezes ao banheiro.

2. Perda do tampão

A pressão que o bebê passa a fazer na parte de baixo do útero pode gerar a perda do tampão mucoso, uma geléia líquida, transparente, que pode vir com traços vermelhos ou marrons de sangue. Isso pode ocorrer entre dias e horas antes do parto ou nem ocorrer.

3. Dores de parto

Você começa a sentir algumas contrações mais intensas, que podem ser doloridas ou não. São as chamadas contrações de Braxton Hicks, que preparam o útero. A sensação é parecida com a de cólica menstrual, mas não ocorre com frequência e regularidade. Embora indiquem que a hora está se aproximando, ainda não fazem parte do trabalho de parto real.

4. Rompimento da bolsa

Você sentirá a sua roupa se molhar de repente. Por um momento você vai duvidar se fez xixi na calça, mas o líquido amniótico normalmente é incolor e escorre sem parar. Se a rotura da bolsa for pequena e alta, pode simplesmente umedecer a calcinha de forma constante.

5. Sensação de "puxo"

Semelhante à vontade de ir ao banheiro, pode ser um sinal de que o bebê já está encaixado, o que indica que vocês estão próximos da hora do parto. Você também pode sentir um peso maior na barriga e dores persistentes nas costas, de forma rítmica. Elas são mais fortes do que as dores normais que aparecem durante toda a gravidez.

6. Líquido marrom ou esverdeado

Se o líquido da bolsa estiver esverdeado ou amarronzado, ligue para o médico e já se prepare para partir para a maternidade. Isso significa presença de mecônio, primeiras fezes do bebê, o que pode indicar sofrimento fetal. Sem pânico. Só vá para o hospital rapidinho.

7. Mal estar e dor de cabeça

Em algumas mulheres ocorrem momentos antes de entrar em trabalho de parto, e podem indicar que sua pressão está alta – sintoma comum quando se está perto da grande hora. Quem já sofre com o problema, consegue perceber melhor o sintoma.

8. Sangramento vaginal

A perda de sangue normalmente indica a dilatação do colo do útero, mas pode ser um sinal de alerta. Mas não se preocupe com uma manchinha na calcinha depois de iniciadas as contrações ou o pouquinho de sangue que cai junto com o tampão. Isso é perfeitamente normal.

9. Sensação de alívio

Já de cabeça para baixo, o bebê se encaixa na bacia, assumindo a posição ideal para o nascimento. Isso pode ocorrer a partir da quarta semana antes do parto. A barriga abaixa e você sente que respira mais fácil e tem menos azia. Em compensação, pode aumentar a vontade de urinar. Algumas mulheres podem também sentir uma leve perda de apetite e até diminuição do peso.

10. Contrações

A barriga endurece a cada 10 minutos, de uma maneira rítmica. Podem ou não ser dolorosas – depende de cada caso. Quando a frequencia delas for de 5 em 5 minutos, já é sinal de trabalho de parto. Nessa hora, começa também a dilatação do útero e da bacia. Hora de ir pra maternidade!

Nasceu!!!

Seu bebê nasceu! Agora é curtir a carinha dele e os próximos muitos momentos que vocês irão passar juntos. Como quem participou de uma maratona, você vai se sentir cansada, mas muito feliz de ter conseguido romper a faixa de chegada. Pode soltar seus fogos de artifício. Quando essa contagem regressiva termina, realmente é uma vida nova que começa.



Uma ótima tarde a todos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário